quarta-feira, 19 de junho de 2013

JACKSON DIZ QUE APÓIA MANIFESTAÇÃO MAS QUE NÃO ACEITARÁ VIOLÊNCIA DE NEM UM LADO


O governador em exercício  Jackson Barreto diz que “nas manifestações de amanhã, não aceito violência de um lado ou de outro”. Jackson diz que não aceitará atos de vandalismo e também não aceitará excessos por parte da policia
 Aracaju deve presenciar nesta quinta-feira (20), uma das maiores manifestações já realizadas por pessoas sem vinculo partidário ou politico, a exemplo do que vem ocorrendo em diversas cidades do País.
Em Aracaju a manifestação acontece na tarde desta quinta-feira (20), e a previsão é de que o ato tenha inicio por volta das 16 horas. Os lideres dos movimentos não informaram qual será o trajeto que será feito durante a manifestação, porem a concentração ocorre na Praça Fausto Cardoso.
O que se sabe até o momento é que nas redes sociais (twitter e facebook), pelo menos 23 mil pessoas se manifestaram a favor do movimento e mostrando disposição de participar do ato. A recomendação feita pelos lideres do movimento é para que os políticos não participem do movimento. Eles afirmam que não irão aceitar a presença de políticos durante o ato e garantem que o ato será pacifico.
O governador em Exercício, Jackson Barreto de Lima (PMDB), demonstrou total apoio ao movimento, afirmando que “isso é uma reivindicação justa. As manifestações que estão acontecendo por todo o Brasil são legítimas e democráticas. Amanhã Aracaju receberá mais uma delas”, diz Jackson.
Jackson Barreto diz ainda que participou de muitos movimentos e por esse motivo, defende a liberdade de expressão, porem de forma pacifica. “Manifestações são fruto de uma luta que participei, da luta pela democracia. Todos têm direito de se expressar e manifestar, de forma pacífica”, defende o governador que aproveitou para mandar um aviso aos manifestantes: “nas manifestações de amanhã, não aceito violência de um lado ou de outro”, avisou o governador em exercício  se referindo a possíveis atos violentos dos manifestantes e também sobre possíveis atos abusivos praticados pela policia militar.
Durante a entrevista que concedeu a uma emissora de rádio na manha desta quarta-feira (19), e também em seu mini-blog, Jackson disse por várias vezes nem a policia e nem os manifestantes devem cometer excessos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário